segunda-feira, 6 de novembro de 2017

PELÉ ESNOBA SEUS CONTERRANEOS DE TRES CORAÇÕES-MG... DE NOVO...

ESNOBANDO AS SUAS PROPRIAS ORIGENS


O prefeito de Três Coracoes-MG,Cláudio Pereira, certamente querendo posar ao lado do tal 'rei' do futebol, o sujeitinho denominado PELÉ,que está mais para rei das TOLICES do que do futebol, ficou decepcionado e envergonhado,pois o seu ilustre conterrâneo (que continua se achando o cara e que ser com a bola toda), defeniu para si mesmo um cachê de um milhão de reais (pasmem!) para poder ir até a sua cidade Natal ser homenageado pelo prefeito bobão,que montou um Museu sobre o jogadorzinho, e mandou convidar o ele mesmo,o sr PELÉ,ir lá inaugurar o tal museu.
Fala sério... Um cara comunista deste,que pode até tudo seu tempo de glória no futebol,trazendo alegria para os brasileiros, mas que já está com o pé na cova,este NADA que é isto que está tal de PELÉ é... Edson Arantes do Nascimento...  que deveria ter se sentido honrado com a atitude do prefeito de Três Coracoes-MG, que gastou dinheiro para monstar o tal museu,para homenagear este SUJEIRO QUE NÃO MERECE ESTA HOMENAGEM, que de forma abominável cobra UM MILHÃO DE REAIS para ir a cidade onde este cara nasceu para receber uma.homenagem para aí mesmo?
Fala sério,gente... ele é REI DAS VACILADAS,isto sim..O povo de Três Corações tem é vergonha de a serem conterrâneos de um sujeito deste...
Quem é que pagaria lgum valor a este Pelé ? Talvez a umas décadas atraz, quando ele ainda prestava para  jogar futebol, mas hoje NINGUÉM DARIA UM CENTAVO...
Tá sr achando,heim sr PELÉ?
Quero te lembrar que um dia o senhor estará perante o verdadeiro REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES, que estará ali como juiz,e o senhor vai ter seu acerto de contas com ele,e toda a sua glória humana e seu dinheiro ali não terá nenhum valor.
E estas suas atitudes de arrogância e desrespeito para com o povo que lhe respeitou um dia será cobrado.

sexta-feira, 24 de março de 2017

#⃣ Mulher acusa vereador Sérgio Condé de agressão

🔴 Assista à reportagem completa: https://www.youtube.com/watch?v=nvKJCHu7l9w&feature=youtu.be

O caso teria acontecido no endereço onde o vereador mora, na Rua Deputado Dênio Moreira de Carvalho, no bairro Santa Cruz, por volta das 09h de quinta-feira (23/03). A vítima, uma mulher, de 31 anos, acusa Sérgio Antônio Condé de agressão. Pela manhã de sexta (24), a equipe de reportagem foi até a casa do vereador da Câmara de Caratinga para tentar falar com ele.
O jornalismo do Super Canal não conseguiu falar com o Serginho nem com outra pessoa por interfone. Nossa equipe foi atendida por uma pessoa que apareceu na varanda e anunciou para o Serginho a nossa presença. Após alguns minutos, o vereador nos recebeu da sacada da residência e disse que à tarde se pronunciaria sobre o caso. “E à tarde eu vou lá conversar com o Super Canal”, afirmou.
Segundo relatado pela vítima à polícia, ela foi até a casa do vereador para receber um valor em dinheiro de dois cheques referentes a uma transação comercial que Serginho fez com o esposo dela em data passada. Na casa do vereador, a vítima mostrou os cheques a ele e disse que havia ido lá para receber o valor correspondente.
Nesse intervalo de tempo, segundo a vítima, Serginho ficou exaltado e deu dois tapas no rosto dela. Na sequência, ele entrou em casa e depois saiu em seu carro. Até o fechamento desta reportagem, Sérgio não foi aos estúdios do Super Canal para apresentar sua versão para o caso. Procurada pela nossa equipe, a vítima também não respondeu as nossas mensagens.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Bombeiros capturam jibóia que engoliu Coelho e galinha de estimação em VALADARES

O Corpo de Bombeiros capturou uma jiboia de quase três metros dentro de uma casa, no bairro de Lourdes, em Governador Valadares. O animal foi encontrado na tarde desta terça feira, depois de engolir uma galinha e o coelho de estimação da família que vive no imóvel.

Os moradores da casa, que fica a beira do córrego Figueirinha, deram falta do coelho e, quando foram procurar, encontraram a cobra. De acordo com a corporação, apesar do susto, esta espécie não é venenosa e, por isso, não oferece riscos.

A jiboia foi capturada pelos bombeiros e encaminhada ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). 

Morre Wantuil Teixeira de Paula, empresário e dono da Petisco e Mara

Fonte SUPERCANAL

O velório será realizado na sede do Unec I, na avenida Moacir de Mattos, a partir do meio-dia.

Faleceu por volta das 02h50 desta madrugada de quarta-feira (22), o empresário Wantuil Teixeira de Paula, dono da empresa Petisco e Mara.

O velório será realizado na sede do Unec I, na avenida Moacir de Mattos, a partir do meio-dia. e o sepultamento previsto para as 16h30 no cemitério de Caratinga.

Morre Wantuil Teixeira de Paula, empresário e dono da Petisco e Mara
Assista à reportagem completa:

https://www.youtube.com/watch?v=6s7r4K222Yg

EMPREENDEDOR

A empresa Petisco e Mara – fábrica que produz biscoito e macarrão – foi fundada em 1º de abril de 1956 por um grupo de pessoas que eram sócias proprietárias. Os sócios foram deixando a sociedade e, o empreendimento passou a ser administrado apenas pelo empresário Wantuil Teixeira de Paula.

Modelo de geração de empregos e responsável por movimentar a economia, a Petisco e Mara, por meio do proprietário Wantuil, recebeu no dia 07 de agosto de 2014 da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) uma homenagem pelos 58 anos de existência da empresa.  Na época, em entrevista ao Super Canal, o empresário destacou: “eu me sinto muito honrado. É uma tamanha felicidade, não tenho nem palavras. Eu dedico essa homenagem a Caratinga. Porque eu sempre vivi e dediquei minha vida toda aqui. Eu estou aqui desde 1947”.

Seu Wantuil contou que tudo começou com a fábrica de macarrão, que antes de ganhar o nome ‘Mara’, se chamava “Alimentícia Santa Cruz LTDA”, que ficava localizada atrás do Caratinga Tênis Clube, o CTC, conforme mostra uma fotografia antiga. Após a criação da marca Mara, surgiu a Petisco, e, seu Wantuil decidiu investir na fusão entre as duas empresas. A ideia deu certo. Saiba mais sobre a história da empresa: http://portal.tvsupercanal.com.br/?p=15980

Em visita à empresa Petisco e Mara, em julho de 2014, a reportagem do Super Canal teve a oportunidade de conhecer algumas instalações da fábrica. Desde o espaço onde é fabricado o macarrão Mara até o local em que é feito o empacotamento do produto, que já é tradicional entre as refeições em família. Uma das máquinas existentes consegue fabricar 1.200 quilos de macarrão por hora. E, com o novo maquinário prestes a começar funcionar, a produção de macarrão chegará a 4.000 quilos por hora.

Nascido em Bom Jesus do Galho e pai de sete filhas, Wantuil ao longo dos 58 anos de existência da empresa Petisco e Mara se tornou um grande empreendedor e consolidou uma marca. Quando perguntado se existe uma fórmula ou segredo, para que uma empresa seja bem sucedida e referência no mercado, Wantuil responde… “Trabalho, trabalho e trabalho. Eu trabalho assim, visando conforto próprio e empresa. Eu sou uma pessoa que vivi para a empresa. Nunca usei de “luxo” e nem de nada. Sempre tudo que fiz foi para a empresa. Muita gente, às vezes, começa progredir e de repente já compra um carro muito bonito e eu nunca pensei nisso. Sempre pensei na minha indústria e melhorá-la cada vez mais”, ressaltou Wantuil na época.

VISIONÁRIO

O empresário Wantuil Teixeira de Paula fez história na cidade de Caratinga com a construção do Cine Brasil, o extinto cinema. Em julho de 2015 o empresário convocou a imprensa e falou sobre o seu desejo de demolição do imóvel e a oportunidade de dar espaço ao novo empreendimento. Ele lembrou que que realizou todos os esforços para tentar manter o antigo cinema em funcionamento, mas devido à sua decadência, não foi possível.

“Eu acho que não deixei de cumprir a minha obrigação como exibidor de cinema. Não há nenhuma cidade do interior, atualmente, que tenha cinema. Vocês podem até fazer uma pesquisa, a não ser no shopping. Só shopping é que tem. Particularmente, não há em nenhuma outra cidade, todos fecharam. Porque não tinha mais público. Então, não há mais cinema”, disse.

Desde o ano de 2012, o empresário  brigou na Justiça para reverter a decisão e o impasse, após o início de um processo de tombamento do Cine Brasil como bem cultural, ainda, em 2009, por meio do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural, o Compac. Em 2012, quando o Cine Brasil começou a ser demolido, o Ministério Público entrou com uma ação cautelar junto à Justiça e conseguiu um pedido de liminar, que embargou a demolição do imóvel. Na época, o empresário ressaltou “o valor cultural que se tem para alguns, não tem para todos. Não é possível que um edifício ou um lote daquele, com um valor enorme, no Centro de Caratinga, vai ficar ali à toa, fazendo o quê? Uma casa com o nome de um fulano de tal, com o nome de Ziraldo, com o nome de Agnaldo Timóteo, essas pessoas de fama nacional… Se insistissem nisso, eles teriam que me indenizar. Não é possível que eu fosse dar aquele lote para alguém, está compreendendo? Um lote de valor inestimável. Acho que não é essa pessoa ou essas pessoas, que nunca foram ao cinema, e, agora, quando vai fazer outra obra ali, ficam fazendo protesto”. Reveja: http://portal.tvsupercanal.com.br/?p=27913

O Cine Brasil foi demolido, mas os destroços não puderam ser retirados do local. A discussão ainda segue na Justiça. O empresário partiu sem saber qual será o fim desta história e sem ter a oportunidade de dar vida a uma nova criação.
Despedida

O corpo do empresário Wantuil Teixeira de Paula, de 87 anos, chegou às 13h20  na sede do Unec I, na avenida Moacir de Mattos. Início de um momento de despedida para amigos e familiares do empresário dono da Petisco e Mara e que em sua trajetória fez história.

É esperada a presença do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes. O sepultamento está previsto para acontecer às 16h30, no Cemitério São João Batista, em Caratinga. O empresário Wantuil Teixeira de Paula faleceu na madrugada desta quarta-feira e há alguns anos estava com a saúde bastante debilitada.

A filha Liliana Teixeira denominou o pai como um guerreiro. "Deixou uma história bonita, venceu. Saiu do nada e venceu. Apaixonado por Caratinga e foi muito feliz".

Reveja a trajetória do empresário e seu legado: https://www.youtube.com/watch?v=6s7r4K222Yg

Bandidos roubam R$ 25 mil de empresa de ônibus em Caratinga

Eles renderam os funcionários no guichê da empresa, no Bairro Limoeiro. PM apreendeu moto utilizada na fuga e documentos do estabelecimento.

A Polícia Militar procura por bandidos que assaltaram uma empresa de ônibus nessa terça-feira (21), em Caratinga. Eles fugiram de moto levando cerca de R$ 25 mil. O crime foi no guichê da empresa, que fica no Bairro Limoeiro.

Testemunhas disseram à polícia que os homens armados renderam os funcionários da empresa que estavam com uma caixa de papelão com documentos e um malote. Após roubarem a caixa e o malote, eles fugiram pela BR-116, sentindo ao Bairro das Graças.

A motocicleta utilizada na fuga foi abandonada e encontrada pela PM em uma rua. No local, os militares também apreenderam a caixa com os documentos da empresa.

Governo de Minas Gerais anuncia novo calendário de pagamento de servidores

Datas referem-se aos meses de abril, maio e junho; circular já foi enviada a sindicatos

O Governo de Minas Gerais enviou, na manhã desta terça-feira (21/3), uma circular aos sindicatos representativos dos servidores públicos estaduais com o novo calendário de pagamento referente aos meses de abril, maio e junho de 2017. O Governo acrescenta que, caso ocorra qualquer melhora, neste período, do fluxo de receitas estaduais, a escala será alterada e os sindicatos serão comunicados com antecedência.

Mês de abril (competência março) - 1ª parcela: dia 12 / 2ª parcela: dia 19 e 3ª parcela dia 25.

Mês de maio (competência abril) - 1ª parcela: dia 11/ 2ª parcela: dia 17 e 3ª parcela dia 22.

Mês de junho (competência maio) - 1ª parcela: dia 12 / 2ª parcela: dia 19 e 3ª parcela dia 22.

Em fevereiro, os cerca de 600 mil servidores do estado de Minas completaram um ano recebendo os salários de forma escalonada. O funcionalismo está recebendo os vencimentos em até três vezes, dependendo do valor do salário.

terça-feira, 21 de março de 2017

Especialista alerta para os cuidados com animais que vivem nas ruas


No Vale do Aço, cerca de 30 animais são recolhidos mensalmente por ONG. Especialista fala que adoção é a melhor forma de resolver problema.

Nos dias atuais é cada vez mais comum encontrar animais abandonados pelas ruas, principalmente gatos e cachorros. O abandono, além de ser um crime previsto em lei, gera um enorme problema social, contribuindo para o aumento descontrolado da população animal e possível proliferação de doenças; outro problema está relacionado ao risco de acidentes envolvendo animais e automóveis.

No Vale do Aço o número de animais abandonados vem crescendo ao passar dos anos, de acordo com a Ong Meu Amigo Cão, que cataloga, trata e promove a adoção de animais abandonados e mau tratados na região. Aproximadamente 30 animais, entre cães e gatos, são resgatados mensalmente nas cidades da região metropolitana.

“Nós promovemos periodicamente trabalhos para adoção de animais na região. Nós sempre buscamos incentivar que as pessoas adotem esses animais, mas principalmente, trabalhamos para que elas não abandonem seus pets“, destaca o voluntário da ONG, Jorge Buriti.

Animais nas ruas
Regina Macedo é técnica em enfermagem, ela fala que em sua casa no Bairro Jardim Panorama existem vários gatos, muitos deles apareceram do nada no local e foram procriando aumentando a população de animais de rua no local. “O problema é que não sei o que fazer. Costumo jogar o resto do almoço para eles, mas não sei se é o certo”, disse.
Para ela, faltam informações de como deve ser o trato com esses animais, além de que falta um trabalho para recolher os animas. "Acho que deveria ter um setor para recolher esses animais nas ruas, eles aparecem aqui machucados, não sei se é briga ou se alguém que bateu mesmo”, conclui.

O que fazer?
Para esclarecer as dúvidas da Regina, o “É o Bicho” procurou um especialista que faz um alerta, seja cão ou gato de rua, é necessário ter bastante cuidado de como deve ser o contato com esses animais. “É um animal que você não conhece. Nesse caso as pessoas tem de se resguardar. Muitas pessoas vão pelo lado emocional e muitas vezes as pessoas podem se machucar ao tentar ter um contato mais próximo do animal”, afirma o veterinário da cidade de Timóteo, Maurício Barbosa Reis.

Em relação a alimentação, o veterinário alerta que isso é um grande problema. “Quando a pessoa alimenta esse animal com comida destinada a humanos ele está prejudicando a vida do animal, principalmente por conta do sal, que é ruim para cães e gatos”, disse.

O especialista concluiu falando que as pessoas devem procurar adotar estes animais abandonados, a melhor forma de resolver o problema dos pets abandonados. "As pessoas as vezes colocam uma vasilha de água e comida, mas nunca se comprometem a ajudar os animais, isso é ruim, pois acostuma o animal naquela localidade e impede as vezes que migre para um local onde ele realmente pode ser adotado”, concluiu

Valadares é epicentro do transporte clandestino, diz diretor do DER

Diretor de Fiscalização do DER, Afonso Baeta, promete rigor nas ações. Operação em Valadares resultou na apreensão de 43 veículos ilegais.
No Leste de Minas Gerais, a cidade de Governador Valadares é considerada o epicentro do transporte clandestino. Cerca de 45% das irregularidades que acontecem no Estado acontecem nesta cidade e em suas proximidades.
O diretor de Fiscalização de Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG), João Afonso Baeta, esteve em Valadares na tarde desta quinta-feira (22). Baeta falou os resultados da mega operação realizada na cidade entre os dias 11 e 18 deste mês, com o nome de 'Operação Ministério Público'.

“Foram oito dias de operação onde aproximadamente 600 carros foram abordados e 50 apreendidos apenas nesta região", diz Afonso Baeta.

De acordo com Baeta, a ação apresentou resultados positivos; com a fiscalização já é possível perceber uma queda no número de pessoas que utilizam transporte clandestino.

“As pessoas estão percebendo que este pode ser um barato que pode sair caro. Muitos podem pagar com a vida utilizando esse tipo de transporte. O potencial de acidente nesse tipo de transporte é dez vezes maior”, afirma.

A operação Ministério Público foi uma ação conjunta entre DER/MG, Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), Polícia Civil, Secretarias de Estado de Defesa Social e da Fazenda e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Legislação e multas

Quando os veículos utilizados pelos transportadores clandestinos são abordados pela fiscalização do DER/MG, são aplicadas as penalidades da Lei 19.445/11, que prevê multa de R$ 1.164,55 e cobrança em dobro do valor no caso de reincidência; apreensão do veículo; liberação do veículo apenas após o pagamento de todas as despesas relativas ao guincho, diárias de apreensão, além de todas as multas pendentes do infrator; abertura de processo administrativo e até mesmo o enquadramento do infrator no Art. 301 do Código de Processo Penal para quem é flagrado realizando transporte clandestino.

No caso do transporte clandestino ser realizado por táxi, utiliza-se também como base o Decreto nº 44.036/05, que não prevê a realização do transporte intermunicipal regular de pessoas com veículos dessa natureza.

“Vamos seguir atuando contra o transporte clandestino e as operações serão intensificadas. O Norte, Nordeste e Leste de Minas são eixos geradores e recebedores deste tipo de transporte e por isso faremos essa intensificação. Isso inclui ônibus, vans, táxis e veículos particulares que estiverem fazendo transporte ilegal”, explica Afonso Baeta.

Processos contra a SAMARCO estão suspensos em Governador Valadares

(Publicado por Elias Siqueira Jr)
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais publicou no dia 16/09/2016 a PORTARIA CONJUNTA Nº 561/PR/2016, que dispõe sobre a suspensão dos feitos em trâmite na Comarca de Governador Valadares ajuizados em decorrência do dano ambiental provocado pelo rompimento das barragens no povoado de Bento Rodrigues, distrito de Mariana, e constitui Grupo deTrabalho para estudar e apresentar propostas visando a efetiva prestação jurisdicional nos conflitos, no prazo que especifica.

Segue abaixo a íntegra da portaria:

O PRESIDENTE e o 3º VICE-PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA e o CORREGEDOR-GERAL DE JUSTIÇA DOESTADO DE MINAS GERAIS, no uso das atribuições que lhes confere o inciso II do art. 26, o inciso V do art. 31 e os incisos I e XIV do art. 32, todos do Regimento Interno do Tribunal, aprovado pela Resolução do Tribunal Pleno nº 3, de 26 de julho de 2012, CONSIDERANDO a notória calamidade pública decorrente do dano ambiental provocado pelo rompimento das barragens no povoado de Bento Rodrigues, distrito de Mariana, ocorrido em novembro de 2015;CONSIDERANDO que o dano ambiental provocado pelo rompimento das barragens ocasionou o ajuizamento de diversas demandas na Comarca de Governador Valadares;CONSIDERANDO a necessidade de se colocar em prática um plano emergencial para o enfrentamento e a solução dos conflitos decorrentes dessa situação específica, RESOLVE:

Art. 1º Ficam suspensos, pelo prazo de 90 (noventa) dias, os feitos de natureza cível em trâmite na Justiça Comum e nos Juizados Especiais da Comarca de Governador Valadares, ajuizados em decorrência do dano ambiental provocado pelo rompimento das barragens no povoado de Bento Rodrigues, distrito de Mariana. Art.  Ficam resguardados:I - as medidas consideradas urgentes, nos termos dos incisos I e II do art. 214, e dos incisos I, II e III do art. 215 do Código de Processo Civil, inclusive as de competência dos juizados especiais e de suas turmas recursais;II - os mandados de segurança, agravo cível e quaisquer outras medidas urgentes de natureza cível;III - as ações coletivas. Art. 3º Fica constituído o Grupo de Trabalho para elaboração de estudos e apresentação de sugestões com vistas a assegurar a efetiva prestação jurisdicional nos feitos ajuizados na Comarca de Governador Valadares, em decorrência do dano ambiental causado pelo rompimento das barragens no povoado de Bento Rodrigues, distrito de Mariana. Art. 4º O grupo de trabalho de que trata esta Portaria Conjunta terá a seguinte composição:I - Desembargadora Shirley Fenzi Bertão, Coordenadora Geral do Grupo;II - Desembargador Gilson Sores Lemes, Coordenador Geral do Grupo;III - Thiago Colnago Cabral, Juiz Auxiliar da Presidência;IV - Maurício Pinto Ferreira, Juiz Auxiliar da 3ª Vice-Presidência;V - Eveline Mendonça Félix Gonçalves, Juíza Auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça;VI - Wagner José de Abreu Pereira, 1º Juiz de Direito da Unidade Jurisdicional do Juizado Especial da Comarca de Governador Valadares. Parágrafo único. Os integrantes do Grupo de Trabalho de que trata esta Portaria Conjunta desempenharão suas tarefas sem prejuízo das respectivas funções administrativas e/ou jurisdicionais. Art. 5º O Grupo de Trabalho de que trata esta Portaria Conjunta deverá apresentar relatório conclusivo dirigido ao Presidente do Tribunal de Justiça, no prazo de 90 (noventa) dias, a contar da publicação desta Portaria Conjunta. Art. 6º Esta Portaria Conjunta entra em vigor na data de sua publicação. Belo Horizonte, 13 de setembro de 2016. Desembargador HERBERT JOSÉ ALMEIDA CARNEIRO, Presidente Desembargador SAULO VERSIANI PENNA, 3º Vice-Presidente Desembargador ANDRÉ LEITE PRAÇA, Corregedor-Geral de Justiça Fonte: Diário do Judiciário Eletrônico/TJMG Administrativo Disponibilização: 15 de setembro de 2016Publicação: 16 de setembro de 2016dje. Tjmg. Jus. Br Edição nº: 167/2016 Página 6 de 41

Crianças devem tomar 13 vacinas ao longo da infância, alerta SES

O cartão de vacina deve ser sempre atualizado

Nesta terça-feira (21), quando é celebrado o Dia Mundial da Infância, é importante lembrar do cuidado com a saúde, que deve começar com a prevenção. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, são 13 as vacinas disponíveis na rede pública e que a criança deve tomar. “A BCG, vacina contra tuberculose e hepatite B, deve ser administrada nas primeiras 12h de vida. O Calendário Infantil compreende 13 vacinas e vai até os 12 anos de idade”, afirma Maria Nazaré Marques Moreira, Referência Técnica da Coordenadoria Estadual de Imunização da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

O Calendário Nacional de Vacinação desenvolvido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é alterado sempre que são incluídas novas vacinas ou quando os esquemas vacinais são modificados. Para saber quais as vacinas indicadas em 2017, basta acessar o hotsite ww.saude.mg.gov.br/vacinacao

Para receber a dose, os pais devem apresentar o cartão de vacinas do filho. Mas vale reforçar que os adultos também devem ficar atentos à atualização da caderneta de imunização. “O cartão de imunização é um documento indispensável, pois é a única forma de uma pessoa provar que está vacinada, por isso, é imprescindível cuidar e zelar da caderneta”, afirma Maria Nazaré.

Confira as vacinas disponíveis na rede pública de saúde:

Hepatite A: A vacina contra Hepatite A é disponibilizada para crianças até quatro anos, 11 meses e 29 dias. Antes, a idade máxima era até dois anos. Estudos também têm demonstrado que, em cerca de 95% dos vacinados há produção de anticorpos em níveis protetores quatro semanas após a vacinação com uma dose.

Hepatite B: A vacina contra Hepatite B deve ser tomada logo após o nascimento e atualmente é ofertada para toda a população, independente de idade (caso a pessoa não tenha sido imunizada ao nascer) ou condições de vulnerabilidade.

Poliomielite: A vacina contra Poliomielite Inativada (VIP) via intramuscular deve ser aplicada em três doses: aos 2, 4 e seis meses de idade. Também são aplicados dois reforços via Vacina Poliomielite Oral – gotinha (VOP) aos 15 meses e 04 anos de idade.

Pneumocócica 10: A vacina pneumocócica 10 – valente deve ser aplicada em duas doses, aos 2 e 4 meses. Seu reforço é, referencialmente, administrado aos 12 meses, podendo ser aplicado até os 4 anos de idade.

Tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela): A partir de 2017, houve ampliação, para as crianças, da oferta da vacina tetra viral, passando a ser administrada dos 15 meses até os quatro anos de idade. O Programa Nacional de Imunizações (PNI) recomenda a vacinação das crianças com a tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) aos 12 meses de idade – primeira dose, e aos 15 meses junto com a tetra viral (segunda dose com a varicela).

Meningocócica C: A vacina contra meningite será administrada em duas doses. A primeira deve ser aplicada aos três meses de vida e a segunda, aos cinco meses. O reforço deve ser aplicado, preferencialmente, aos 12 meses de idade, podendo ser administrado até os quatro anos de idade.  

HPV: A partir desse ano a vacina contra HPV também será ofertada para meninos de 12 e 13 anos (13 anos, 11 meses e 29 dias). Desde 2014, a vacina é oferecida para meninas de 9 a 13 anos e, em 2016, também incluiu meninas de 14 anos.  Desde 2015, meninas e mulheres de 9 a 26 anos que vivem com HIV/ Aids também recebem a vacina.  

segunda-feira, 20 de março de 2017

ACREDITE SE QUISER - 1º Projeto da Pastora Márcia proíbe exposição de sal em mesas e balcões


Quando pensamos que já vimos de tudo,ai vem esta "vereadora" e nos supreende com um projeto inusitado.

O primeiro projeto de lei da vereadora Márcia Perozini (PMDB) proíbe bares, restaurantes, lanchonetes e similares de expor em mesas e balcões recipientes contendo cloreto de sódio, o popular sal de cozinha.
O primeiro projeto de lei da vereadora pastora Márcia Perozini (PMDB) foi apreciado nessa segunda-feira (20), na 1ª sessão ordinária do mês de março.
O PL 20/2017 proíbe bares, restaurantes, lanchonetes e similares de expor em mesas e balcões recipientes contendo cloreto de sódio, o popular sal de cozinha. A justificativa do projeto é o alto índice de hipertensos na região, por conta do uso excessivo do sal. Uma realidade a nível mundial.
Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 7,6 milhões de pessoas morrem em todo o mundo anualmente devido ao acidente vascular cerebral e infartos provocados pela hipertensão arterial.
Para as pessoas saudáveis, a dose máxima de sal recomendada pelo Ministério é de 05 gramas por dia, que equivale a duas mil miligramas de sódio. Os brasileiros, no entanto, consomem em média cerca de doze gramas, mais que o dobro do recomendado, sem contar o sal dos alimentos ingerido fora de casa.

VISÃO
Vale ressaltar que 01 grama de sal é a quantidade existente em cada um daqueles saches servidos em bares e restaurantes. A preocupação da vereadora é que esse fácil acesso seja uma oportunidade para aumentar os índices.
“A lei não proíbe o consumo do sal, mas a exposição do produto, que acaba por facilitar o uso em excesso por parte do consumidor”, disse a pastora Márcia.
Ela ainda ressaltou que “muitos utilizam o sal por que simplesmente está disponível em cima das mesas. Esse é um projeto de cunho social que vai beneficiar a saúde da população”, destacou a vereadora.
A favor do projeto, a vereadora Cassinha do PSB, pediu vista ao projeto, a fim de programar uma ação educativa por meio de avisos expostos nos bares sobre os males que o excesso do sal causa a saúde. A intenção da parlamentar é emendar o projeto, que deve ter sua primeira votação nesta terça-feira (21).

E ai eleiores de Ipatinga... foi para isto que vocês elegeram esta cidadã???
Vai que agora ela vai criar projetos para orarem a açúcar do caldo-de-cana...

TEMER VAI A CHURRASCARIA COM EMBAIXADORES E MINISTROS


O presidente Michel Temer anunciou neste domingo (19), durante reunião com embaixadores de países que importam a carne brasileira, que haverá uma "força-tarefa" para fiscalizar os frigoríficos alvos da operação Carne Fraca.

No pronunciamento, Temer também chamou os diplomatas para jantar em uma churrascaria em Brasília.

No restaurante, Temer afirmou não ter visto exageros na atuação da Polícia Federal durante a operação Carne Fraca. O presidente afirmou ainda que ouviu dos embaixadores convidados que transmitiriam “tranquilidade em relação ao consumo da carne brasileira”. Depois do jantar, Temer foi questionado sobre a qualidade da carne e disse que estava muito “boa” e que todos “se deliciaram”.
Deflagrada na sexta-feira (17) pela Polícia Federal, a operação investigou o envolvimento de fiscais do ministério em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.

Foi descoberto que funcionários de superintêndencias regionais recebiam propina para facilitar a produção de alimentos adulterados, emitindo certificados sanitários sem fiscalização.

"Quero fazer um comunicado aos senhores que, naturalmente, peço que transmitam aos seus governantes. Nós tomamos várias deliberações no dia de hoje. A primeira delas é que decidiu-se acelerar o processo de auditoria nos estabelecimentos citados na investigação da Polícia Federal que são, na verdade, 21 unidades no total. Três dessas unidades foram suspensas e todas as 21 serão imediatamente colocadas sob regime especial de fiscalização a ser conduzida por força-tarefa do Ministério da Agricultura", declarou o presidente aos embaixadores.

Seis das 21 unidades exportaram nos últimos 60 dias, afirmou o presidente, sem dizer os países para os quais se deu a exportação.

Ao longo deste domingo, o presidente teve uma série de reuniões com o objetivo de discutir medidas para enfrentar a crise gerada pelas revelações da operação Carne Fraca.

Temer recebeu, por exemplo, os ministros da Agricultura, Blairo Maggi, e da Indústria e Comércio Exterior, Marcos Pereira, além de representantes de associações como a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec).

Medidas

Após o pronunciamento do presidente, a assessoria do Planalto divulgou uma nota na qual informou que, além da força-tarefa, o governo também decidiu reiterar às missões estrangeiras que "todas as plantas exportadoras permanecem abertas às inspeções dos países importadores" e que o sistema de controle nacional é um dos "mais respeitados do mundo".

O Planalto também diz, na nota, que vai reforçar a cooperação entre o Ministério da Agricultura e a Polícia Federal para apurar eventuais desvios no sistema de defesa agropecuária.

O pronunciamento

Em uma fala que durou cerca de dez minutos, o presidente disser ser "importante e fundamental" receber os embaixadores dos países que importam a carne brasileira para que o governo pudesse apresentar as explicações sobre a operação.

Ao se dirigir aos diplomatas, Temer afirmou que "a maneira como se deu a notícia" sobre as investigações, "pode ter criado uma preocupação muito grande" – pouco antes de entrar para a reunião, o embaixador da União Europeia no Brasil, João Gomes Cravinho, chegou a dizer que a situação "preocupa".

Em seguida, o presidente destacou que, dos 11 mil funcionários do Ministério da Agricultura, "apenas" 33 estão sendo investigados por envolvimento no esquema.

"Não é o sistema de defesa agropecuária que está sendo investigado, mas alguns poucos desvios, de alguns poucos funcionários, de algumas poucas empresas. Todas as plantas exportadoras permanecem abertas às inspeções dos países exportadores e ao acompanhamento do sistema nacional de controle, que é um dos mais respeitados do mundo", acrescentou.

Temer também ressaltou que há no país atualmente 4.837 unidades sujeitas a inspeção federal e, dessas, "apenas" 21 estão envolvidas na operação Carne Fraca. Aos diplomatas, o presidente disse, ainda, que a partir desta segunda, o Ministério da Agricultura informará quais países receberam os produtos e a origem por empresa.

Desrespeito à faixa em Ipatinga coloca vida de pedestres em risco

Neste ano, um idoso morreu após ser atropelado ao atravessar à faixa. Segundo a PM, multa para motorista flagrado é gravíssima.

O desrespeito à faixa de pedestre coloca a vida de muitas pessoas em risco em Ipatinga e pode gerar multa gravíssima aos motoristas imprudentes. Um levantamento da Polícia Militar aponta que 64 pessoas foram vítimas de atropelamento somente em 2016, mas não especificou o número de pessoas atropeladas na faixa de pedestre. Em janeiro deste ano, foram registrados quatro casos; uma das vítimas foi um idoso de 80 anos, que morreu após ser atingido por um carro enquanto atravessava à faixa.
A filha dele conta que o pai estava fazendo caminhada quando foi atropelado; o motorista fugiu. "Só sabemos que é um carro de luxo e preto. O condutor fugiu sem prestar socorro. É muito revoltante porque tiraram a vida do meu pai e ele estava correto", diz a empresária Carmem Verônica Rodrigues Rangel. Fernando Rodrigues Chaves ficou internado por 30 dias e morreu no início deste mês.

A vigilante Ludmila Pinho trabalha próximo à faixa onde o idoso foi atropelado e diz que a desrespeito no local é frequente. "Os carros só passam em alta velocidade e é muito difícil alguém parar. O movimento é muito grande por aqui porque tem uma escola e um supermercado perto da faixa. Não sei como ainda não aconteceu nada pior. Somente Deus que cuida", lamenta Ludmila.

A soldado da Polícia Militar, Jéssica Nayara, explica que a equipe de trânsito faz fiscalizações diárias nos locais próximo às faixas para evitar acidentes. A multa para quem for flagrado não dando preferência ao pedestre é gravíssima no valor de R$ 293,47. “A maioria dos acidentes ocorre por falta de atenção ou imprudência de motoristas ou dos próprios pedestres”, diz.

Ainda de acordo ela, medidas simples de respeito e segurança no trânsito devem ser seguidas tanto pelos motoristas como pelos pedestres. "A atenção deve ser redobrada. Os pedestres devem olhar a velocidade da via e do carro, a distância que os veículos estão no momento da travessia, e pensar na visibilidade, se de onde ele estar o motorista consegue enxergar com clareza", esclarece.

Ao redor do mundo